5 tabus sexuais que você precisa deixar pra lá

Quando se começa a falar sobre sexo, sempre há quem reaja com preconceitos, medo e insegurança. Infelizmente, mesmo já neste século XXI, o tema ainda é um grande tabu na sociedade, tanto para homens quanto para mulheres.

Não há necessidade de vergonha, muito menos passar a vida inteira tendo uma concepção errada sobre assuntos que envolvem a sexualidade. Para lhe ajudar a deixar pra lá alguns tabus sexuais e viver com mais prazer, reunimos, a seguir, algumas dicas preciosas. Confira!

Pudores e bloqueios

Muitas questões que atrapalham a discussão sobre sexo, ainda que seja entre o próprio casal, pessoas estão enraizadas na cultura da nossa sociedade. Basta mencionar, por exemplo, a religião e suas limitações no que diz respeito ao sexo e ao prazer. Essa bagagem cultural cria bloqueios psicológicos, amplia a timidez e reprime muitas pessoas.

O que você precisa ter em mente é que o ato sexual é uma das coisas mais naturais da vida. Então, dê mais espaço e oportunidade para seus instintos, desejos e prazeres.

Sexo anal

Um dos maiores tabus sexuais talvez seja o sexo anal. As mulheres em geral possuem grande receio nessa prática, pois acham que pode ser desconfortável ou causar dor. Já os homens, em sua maioria, recusam-se a acreditar que o ânus seja uma zona erógena. Na maior parte das vezes por puro preconceito.

Os principais motivos para evitar o sexo anal podem ser a falta de informação e de uma experiência sadia, que lhe mostre aos poucos que você pode sim, sentir prazer nessa região do corpo.

Orgasmo feminino

Nos filmes e revistas parece muito simples e natural; e é. Porém algumas mulheres não conseguem chegar lá. Muitas até mesmo fingem ter orgasmo para agradar o parceiro. Alguns problemas podem atrapalhar o orgasmo feminino, como a falta de intimidade ou confiança no companheiro, desconhecimento do próprio corpo e, até mesmo, timidez e vergonha.

Quando esse tabu não consegue ser superado de forma tranquila, é interessante explorar o próprio corpo para conhecê-lo melhor, conversar abertamente com o parceiro, arriscar novas posições, ouvir especialistas e, também, liberar e vivenciar mais suas fantasias.

Brinquedos e fantasias

Depois de um certo tempo, um relacionamento pode acabar caindo na monotonia e a criatividade pode ser um fator importante para esquentar a relação. Porém, muitas pessoas ainda têm receio de visitar sex shops, ou simplesmente de realizar suas fantasias sexuais. Encontrar e usar um brinquedo erótico pode até ser simples. A parte mais difícil talvez que ambos deixem de lado esse tabu e entrem na brincadeira. A dica para lidar melhor com a ideia é começar aos poucos, com gel e óleos de massagem, por exemplo.

Masturbação

A masturbação é uma prática mais aceita entre os homens, por motivos culturais e sexistas. A mulher tende a ter mais dificuldade em lidar com a questão. Esse tabu ainda existe, também, porque muitos casais não têm intimidade suficiente para que isso aconteça quando estão juntos.

Nesse caso, o melhor a fazer é dialogar consigo mesmo e com a pessoa com a qual se relaciona. Tratar o corpo, a nudez e a sexualidade com naturalidade é saudável e incentiva a autoestima e o bem-estar de qualquer pessoa.

Os tabus sexuais nada mais são do que bloqueios que lhe reprimem e inibem. Portanto, repense sua relação com eles e, acima de tudo, permita-se!

E então, nosso post lhe ajudou? Quer saber mais sobre este e outros assuntos relacionados à bem estar e qualidade de vida? Então curta nossa página do Facebook!

Deixe uma resposta