Conheça as principais causas do câncer de mama e previna-se

Você conhece alguma mulher que tenha sido vítima do câncer de mama? Muito provavelmente sim, já que este é o tipo mais comum de câncer no mundo e,no Brasil,  só perde para câncer de pele não melanoma. Mesmo sendo tão comum, há muitas mulheres que não sabem do que se trata a doença, como se previne ou mesmo quais são os sintomas. Você sabe? Vamos falar sobre isso?

Como surge o câncer de mama

Câncer de mama é o tumor causado pela multiplicação de células anormais da mama. Há vários tipos dessa modalidade de câncer, com desenvolvimento mais ou menos rápido, dependendo de suas característica.
Mas, seja qual for o tipo, a doença dá alguns sinais de que está se instalando. E, vale a pena dizer que a maior parte dos casos de câncer de mamas é descoberta pelas próprias mulheres. Então, por que não incluir a observação das mamas em sua rotina?
Não existe uma técnica específica, e você pode fazer isso, durante o banho, ou quando for trocar de roupas, por exemplo. O importante é observar e apalpar as mamas e estar sempre atenta, especialmente para as seguintes alterações:

  • Nódulo fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
  • Alterações no mamilo;
  • Pequenos nódulos na região das axilas ou no pescoço;
  • Saída espontânea de líquido dos mamilos.

Nada de alarme, pois essas alterações não indicam câncer obrigatoriamente. Mas só um profissional pode dizer isso. Então, se perceber algo diferente, procure seu médico imediatamente. Vá, ao menos uma vez por ano ao ginecologista, pois de acordo com sua idade e perfil, ele poderá considerar importante a realização de mamografia.

Leia também

 Prevenção e fatores de risco

Levar uma vida saudável é mais da metade do caminho para evitar uma série de doenças, inclusive o câncer. No caso do câncer de mama, de acordo com o Ministério da saúde , 30% dos casos podem ser evitados com a adoção de hábitos como:

  • Praticar regularmente alguma atividade física;
  • Alimentar-se de forma saudável;
  • Manter o peso corporal adequado;
  • Evitar o consumo regular de bebidas alcoólicas;
  • Amamentar.

Mas não são apenas os fatores comportamentais que podem levar ao câncer. Há alguns relacionados à história reprodutiva da mulher, como primeira menstruação antes dos 12 anos, não ter tido filhos ou, engravidar pela primeira vez após os 30, dentre outros.Também correm mais risco as mulheres com histórico familiar de câncer de ovário, ou câncer de mama em homens (Sim, eles também podem ter).

Para saber mais

Anualmente, diversos setores da sociedade envolvem-se na campanha Outubro Rosa, criada para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. Para promover essa conscientização, há uma série de materiais disponíveis para consulta e informação. O tema de 2016 é “Vamos falar sobre isso” e você pode se informar melhor a respeito com a Cartilha Câncer de Mama, do Ministério da saúde, ou pelo portal do Instituto Nacional de Câncer.

O quanto antes o câncer for descoberto, maiores são as chances de cura. Por isso, aproveite e envie esse artigo para alguém com quem você se importa. A informação faz toda a diferença!

E, lembre-se: assinando nossa newsletter você vai receber as novidades da ShopViva diretamente em seu e-mail! Já assinou?

 

Deixe uma resposta