Sexo casual sem compromisso: vale a pena?

Quando se trata de sexo casual sem compromisso, os questionamentos acabam atingindo mulheres, e também os homens, ainda receosos sobre os julgamentos alheios, riscos para a saúde e preconceitos impostos pela sociedade.

Você é uma profissional bem-sucedida, independente e livre, mas ainda se vê cercada de dúvidas e receios sobre sexo? Pois não é a única.

Mesmo com uma personalidade forte e ciente do seu domínio sobre a sua própria vida, você ainda tem dúvidas se vale mesmo a pena? 

Por que o sexo casual ganhou importância

O sexo casual deixou de ser uma prática comum aos homens, e cada vez mais mulheres já estão firmando o direito à própria sexualidade, longe de qualquer julgamento machista ou tabu imposto socialmente.

Muitos homens e mulheres acabam se sentindo inseguros sobre conhecer ou afirmar as suas preferências sexuais, e o que lhes proporciona mais prazer, quando estão em uma relação mais estável.

O medo, e a vergonha, de perder o parceiro por algum motivo acabam limitando os seus desejos e muitos se adaptam às preferências do outro. Um erro que pode comprometer o bem-estar físico e a própria autoestima.

Uma das principais vantagens do sexo casual é trazer uma liberdade maior de auto-descoberta, com a participação de uma outra pessoa, do que te dá prazer, ou não.

Experimentar posições distintas ou ir para locais incomuns pode proporcionar confiança sobre o próprio corpo e um autoconhecimento que muitos relacionamentos não trazem. Outro ponto interessante está na sua satisfação pessoal como principal objetivo na relação, já que não há envolvimento emocional ou necessidade de um compromisso posterior.

Principais cuidados

Muitas pessoas acabam escolhendo parceiros mais próximos, ou fixos, para a prática de sexo casual. Uma situação mais indicada quando se trata de ter confiança e mais conforto durante a relação.

Para quem opta por encontrar parceiros em aplicativos, sites de relacionamentos, ou sair com pessoas que acabaram de conhecer, é preciso tomar alguns cuidados, principalmente quando se tratam das mulheres – mais susceptíveis a enfrentar comportamentos machistas e serem vítimas de abusos ou estupro. Sempre mantenha um amigo informado do seu destino e não deixe de pedir ajuda em situações que parecem perigosas.

É preciso estar atenta também a casos que possam trazer problemas futuros, como os de revenge porn. Evite ser fotografada ou gravar vídeos que possam ser compartilhados na internet sem a sua autorização. Se essa for uma fantasia do casal, peça para ter a posse do material gravado e delete-o logo em seguida.

E o mais importante: use sempre camisinha. Mesmo que seja um pedido do seu parceiro ou que você já tenha saído com ele mais de uma vez. Esse é um cuidado que vale para qualquer prática sexual, até mesmo em um namoro ou casamento.

Também é fundamental estabelecer previamente que aquela será uma relação casual, ou um dos dois pode acabar criando expectativas de um relacionamento mais sério. O que pode trazer um desgaste emocional e decepções futuras.

Sexo casual vale a pena ou não?

Cada experiência sexual é única. Do ponto de vista científico não há nada que te impeça de ser feliz praticando sexo casual, sem compromisso. Pelo contrário, o sexo traz diversos benefícios para o corpo e para a mente, como aumentar a qualidade do sono, reduzir o risco de doenças cardíacas, as chances de câncer de próstata em homens, aliviar o estresse e aumentar a capacidade de memorização.

No final, o que vale é a sua experiência pessoal e bem-estar. Sexo casual não significa que você deve se submeter ao que não lhe dá prazer, sair com pessoas em que não confia, ou não tenha o direito de dizer “não” em situações desconfortáveis. Se sofrer qualquer situação de abuso não hesite em denunciar.

E então, sexo casual é pra você? Já teve essa experiência? Assine a nossa newsletter e acompanhe outras novidades sobre o assunto!

Deixe uma resposta