triptofano benefícios

Por que triptofano é essencial para você?

Já ouviu falar no triptofano? Esse aminoácido pode trazer muitos benefícios para você, menos estresse, dormir melhor…

O triptofano nada mais é do que um aminoácido essencial usado pelo cérebro para produção de serotonina. Confira mais sobre esse nutriente, suas funções no organismo, benefícios e cuidados no consumo.

O que é triptofano?

O triptofano consiste em um aminoácido essencial, ou seja, do time de aminoácidos que nosso organismo não é capaz de produzir naturalmente. Sendo assim, ele é consumido por meio da alimentação.

O triptofano é utilizado pelo cérebro lado a lado com o magnésio, niacina e vitamina B3 para produção de serotonina que, por sua vez, consiste em um importantíssimo neurotransmissor em processos bioquímicos do humor e do sono.

Para que serve o triptofano?

Após consumido, esse aminoácido pode ser levado ao sistema nervoso, onde atuará na produção de serotonina, ficando na corrente sanguínea.

Para que o triptofano chegue ao sistema nervoso, ele deve ultrapassar uma barreira conhecida como ‘hematoencefálica’, disputando com outros aminoácidos também consumidos na alimentação.

O triptofano também possui outras funções de grande importância no organismo, como sintetização proteica e contribuição para o crescimento, visto que estimula a produção do HC (hormônio do crescimento) e a secreção de insulina.

Alimentos fonte de triptofano

O triptofano é encontrado especialmente nos seguintes alimentos:

-> Carnes magras – tais como frango e patinho, por exemplo;
-> Peixes em geral – com destaque para o salmão, atum e sardinha;
-> Leite e seus derivados – como queijo, requeijão e outros;
-> Fontes de fibras – como linhaça, aveia, castanhas, quinoa e sementes em geral;
-> Frutas – como kiwi, banana e abacaxi;
-> Chocolate amargo;
-> Leguminosas – como feijão branco e lentilha.

Benefícios do aminoácido essencial

O triptofano é um aminoácido essencial que contribui diretamente para a manutenção do bem-estar e prazer. Não à toa, seus principais benefícios são os seguintes:

1. Prevenção da depressão e coadjuvante em seu tratamento

Muitos são os estudos que relacionam o consumo de triptofano com a prevenção e/ou tratamento da condição psíquica que mais afeta
o século XXI.

E a razão você já deve imaginar: os altos níveis do neurotransmissor serotonina são centrais para o tratamento da depressão, visto que ele está diretamente relacionado com o bom humor. Com base nisso, a grande maioria dos antidepressivos buscam elevar a produção
natural de serotonina.

2. Diminuição e prevenção do estresse/ansiedade

O triptofano auxilia na redução natural dos marcadores bioquímicos que elevam o estresse, como é o caso do cortisol, por exemplo.

3. Melhora do humor

Estudos recentes apontam que o triptofano auxilia diretamente na redução da agressividade e melhora do humor.

4. Diminuição da hiperatividade

Uma pesquisa realizada em território sueco concluiu que crianças hiperativas ou com déficit de atenção têm, pelo menos, 50% a menos de triptofano do que crianças sem tais condições. Não à toa, ele como precursor da serotonina reflete diretamente em uma substância calmante e sedativa para este público.

5. Controle do peso e da compulsão alimentar

A serotonina também aumenta a saciedade, o que reflete diretamente no controle da fome e do próprio peso.

triptofano sono benefíciosConfira um pouco mais sobre a atuação do triptofano na manutenção do sono, seu principal benefício.

Vantagens em relação ao sono

Existem duas biomoléculas envolvidas no processo do sono: o hormônio melatonina e a serotonina (neurotransmissor).

Ok, mas o que isso significa?

Ambas as biomoléculas são produzidas pelo nosso organismo graças à atuação do aminoácido essencial a qual estamos nos referindo neste artigo.

Os altos níveis de serotonina induzem o sono natural, evitam insônias e aumentam também a própria qualidade do sono.

Além disso, pesquisas apontam que indivíduos que dormem pouco ou mal costumam ter alimentação irregular (refletindo em ganho de peso e aumento nos riscos do desenvolvimento de doenças sérias).

Principais cuidados no consumo

Indivíduos que consomem remédios para ansiedade ou antidepressivos não devem, em hipótese alguma, fazer suplementação de triptofano sem orientação médica.

Isso porque o consumo de ambos pode resultar na síndrome serotoninérgica, quando há produção exagerada de serotonina pelo organismo.

Gestantes e lactantes também só devem consumir o suplemento caso haja orientação médica.

Se consumido excessivamente o aminoácido essencial pode causar sonolência, náuseas, cefaleia (dor de cabeça), fadiga e até mesmo síndrome de eosinofilia-mialgia.

Sendo assim, o ideal é que a suplementação só seja feita caso haja orientação de um médico. Você pode comprar seu triptofano na nossa loja: clique aqui.

Gostou desse artigo? Comente! Compartilhe!

Deixe uma resposta